Desperdício zero: 5 dicas para aplicar em casa

4 minutos para ler

Com uma maior conscientização sobre o uso de recursos naturais, surgem diversas práticas que podemos adotar em nosso dia a dia a fim de garantir a sustentabilidade da vida moderna. Além de chegarmos, ao máximo, perto do desperdício zero. 

No post a seguir, saiba mais sobre o que é esse conceito e como colocá-lo em prática. Tanto em casas quanto em condomínios residenciais.

Boa leitura! 

Afinal, o que é desperdício zero? 

Segundo a Zero Waste International Alliance, em tradução livre, desperdício zero seria: 

A conservação de todos os recursos por meio de produção, consumo, reutilização e recuperação responsáveis ​​de produtos, embalagens e materiais, sem queima e sem descarte para terra, água ou ar que ameacem o meio ambiente ou a saúde humana.

Ou seja, é criar produtos com uma responsabilidade sustentável, a fim de não desperdiçar recursos e produzir apenas a quantia necessária. Além de garantir que esses mesmos produtos sejam reaproveitados ao máximo antes do descarte.

Essa proposta envolve que os componentes não causem nenhum dano ao meio ambiente em seu processo de degradação. Além disso, esse conceito se relaciona à adoção de sistemas de prevenção e controle de desperdício, como o de água, bem como à prática de bons hábitos no dia a dia. 

A sustentabilidade em condomínios 

Alcançar o desperdício nulo é um objetivo coletivo. Ou seja, deve ser adotado tanto de forma individual quanto em comunidade. Por causa disso, existem diversas campanhas a fim de promovê-lo e torná-lo uma meta alcançável. Nesse caso, elas partem não só de governos e organizações sustentáveis, mas também de empresas particulares.

Da mesma forma, até pequenas comunidades podem incentivar a eliminação do desperdício, como é o caso dos condomínios residenciais. Apesar de neles morarem diferentes pessoas, com hábitos variados, é possível promover o desperdício zero por meio de diferentes ações. Um exemplo é investir na melhoria da eficiência energética do condomínio. 

Quais as 5 dicas para evitar o desperdício em casa? 

Pôr em prática o desperdício zero não é algo tão difícil quando se tem comprometimento. A seguir, veja 5 dicas que separamos para você alcançar esse objetivo no seu dia a dia. 

1. Promova a reciclagem 

Apesar de ser uma das últimas soluções para combater o desperdício, a reciclagem é muito importante. É fundamental separar corretamente o que é reciclado e o que é lixo comum, bem como garantir o destino correto desses materiais. Especialmente em locais com muita produção de lixo, como os condomínios. 

2. Reutilize os recursos 

Reutilizar certos recursos também é uma grande forma de ser sustentável, além de promover a economia. Por exemplo, é possível fazer a captação da água da chuva para limpar áreas externas e internas, além de regar plantas. 

3. Diminua o uso de papel 

Para fazer papel é preciso cortar muitas árvores. Por isso, uma das soluções é diminuir consideravelmente o seu uso, além de consumir opções recicladas. Nesse caso, são medidas adequadas para o dia a dia utilizar o papel mais de um vez, como rascunho, e adotar sistemas digitais.

4. Consuma menos 

Um dos principais pontos do desperdício zero envolve a redução do consumo. Ou seja, usar apenas o que é preciso em qualquer segmento de compra. Nesse sentido, abarca-se desde evitar a compra em excesso de alimentos, que podem estragar e ir para o lixo, como a aquisição de artigos de segunda mão. 

5. Use água com consciência 

Um dos recursos mais importantes que temos é a água. Por isso, é importante garantir que cada pessoa use com consciência. Nesse caso, especialmente em condomínios, cada um deve ter conhecimento de quanto gasta e adotar medidas de economia. Para isso, uma das melhores opções é implantar a medição individualizada

Com ela, não só os moradores serão responsáveis por seus gastos, mas também a conta total poderá ser dividida de forma mais justa. Afinal, sempre há quem gaste menos pagando por quem gasta mais. Além disso, contar com um bom sistema de medição ajuda a detectar possíveis vazamentos e a evitar gastos maiores, fazendo com que o condomínio chegue perto do desperdício zero. 

Quer saber como aplicar essa solução em seu condomínio? Fale com a Seu Consumo

Posts relacionados

Deixe um comentário