Individualização de água: tire suas dúvidas sobre o assunto!

4 minutos para ler

Em muitos condomínios, a conta de água é dividida por igual entre os moradores. Contudo, isso pode gerar alguns conflitos entre os condôminos, além de prejuízos àqueles que consomem menos. Para resolver esse problema, implementar a individualização da água é uma boa alternativa.

Com ela, cada morador paga apenas pelo que consumir, e, tendo uma maior consciência de seus hábitos, é capaz de evitar desperdícios e poupar dinheiro.

Quer entender melhor como funciona esse sistema e suas vantagens? Então, continue a sua leitura!

Quanto custa para implementar a individualização de água em condomínio?

Os custos podem variar bastante, já que dependem de muitos fatores e especificidades do prédio, por exemplo:

  • tempo de construção;
  • quantidade de apartamentos;
  • modelo da descarga (se o vaso sanitário tem caixa acoplada ou válvula);
  • número de banheiros por unidade;
  • tipo de tubulação (PVC ou ferro) e demais estruturas.

Em prédios que foram construídos com previsão para receber medidores individuais, o custo de implantação costuma ser baixo, girando em torno de R$350,00 por medidor instalado.

Já em condomínios que possuem rede hidráulica de ferro e vasos sanitários acionados por válvula de descarga, o custo pode variar entre R$4.000,00 e R$10.000,00, haja vista a necessidade de se refazer toda a rede hidráulica do prédio, bem como de substituição dos vasos sanitários. A variação de preço depende dos acabamentos utilizados na reforma.

Independentemente do custo final, é importante que os condôminos tenham em mente a economia que a implantação da individualização da água pode gerar em longo prazo nas taxas condominiais. Nos casos em que é feita a reforma hidráulica, o retorno também virá em forma de valorização do imóvel.

O que considerar ao escolher uma empresa para individualização de água?

Ao optar pelo processo de individualização, o síndico deve estar atento aos seguintes pontos:

  • Qual é a marca e o modelo dos medidores que estão sendo ofertados? Fique atento às empresas que comercializam diversos tipos de medidores e tecnologias de medição, pois existe uma grande variação de preços e qualidade entre as marcas que oferecem equipamentos nesse setor.
  • A solução proposta é composta por fios ou cabos? Solução de comunicação remota que utiliza fios ou cabos é mais frágil, pois é mais suscetível a atos de vandalismo. Além disso, cabos que ficam expostos em shafts de hidráulica estão sujeitos à oxidação.
  • Qual é o tipo de saída de pulso do medidor? Se possível, escolha medidores de água cuja saída pulsada se dê por meio de indução magnética (pulsos eletrônicos), e que não sofrem, portanto, efeito “bounce”, nem apresentam defasagem de leitura ao longo do tempo.
  • Qual é a vida útil da bateria? O sistema de radiofrequência da marca DIEHL METERING é o único no mercado que possui vida útil de bateria acima de 12 anos, mesmo com leituras sendo feitas a cada 1 minuto.
  • Os produtos são homologados pelos órgãos reguladores (Inmetro e Anatel)?
  • Há outras empresas capazes de substituir a firma contratada para a realização do serviço de leitura dos medidores? Por se tratar de um contrato de longo prazo, é importante consultar se a empresa poderá ser substituída por outra em caso de eventuais desacordos comerciais.

A Seu Consumo oferece a seus clientes um serviço de altíssima qualidade, desde a elaboração do projeto de individualização até a realização do serviço mensal de leitura e geração de relatórios. Quer contar com o auxílio de uma empresa experiente no ramo de consumo individualizado de água? Entre em contato conosco e veja como podemos ajudar!

Posts relacionados

Deixe um comentário