Entenda as reponsabilidades nas instalações hidráulicas em condomínios

4 minutos para ler

As instalações hidráulicas em condomínios é um assunto que merece bastante atenção, tendo em vista que o sistema é responsável pela distribuição e o controle de vazão e pressão de água, de forma que consiga abastecer todos os andares de forma eficiente.

No entanto, para racionalizar o consumo e evitar desperdícios, é fundamental estar atento ao bom funcionamento do sistema, bem como prezar por sua conservação e manutenção para impedir a ocorrência de vazamentos e demais problemas.

Contudo, você sabe de quem é a responsabilidade das instalações hidráulicas do condomínio? Leia este conteúdo e descubra!

Quais são as principais instalações hidráulicas em condomínios?

O abastecimento de água potável no condomínio conta com vários equipamentos que refletem no seu desempenho. Entre os componentes comuns em quase todos os condomínios, tanto verticais quanto horizontais estão:

  • reservatórios de água;
  • sistema de bombas;
  • válvulas;
  • registros;
  • redutoras de pressão;
  • torneiras e duchas;
  • tubulações em geral;
  • sistema de aquecimento individual (chuveiro elétrico, aquecedores de passagem elétricos ou a gás, entre outros);
  • sistema de aquecimento coletivo (caldeiras, aquecedores por energia solar, geradoras);
  • bacias com válvula de descarga ou caixa acoplada.

Lembrando de que esses são apenas os sistemas mais comuns, que se enquadram na maioria dos casos. Contudo, existem certas especificidades que devem ser consideradas dependendo do condomínio.

Quais são as responsabilidades nas instalações hidráulicas no condomínio?

Quando não há individualização do abastecimento de água das unidades privativas de um condomínio, esse abastecimento é feito pelas “colunas ou prumadas de água”. São tubulações verticais comuns a diversas unidades privativas, por exemplo, coluna da cozinha, do banheiro social, do aquecedor, entre outros, provenientes do barrilete (conjunto de tubulações, conexões e registros, próximo ao reservatório superior, de onde se ramificam todas as colunas de água).

Nesse caso, as “colunas ou prumadas de água” são de responsabilidade do condomínio, pois são comuns a diversas unidades privativas. Já a distribuição, ou seja, a tubulação que distribui a água dentro da unidade privativa é de responsabilidade do seu proprietário.

A divisão das responsabilidades se dá no registro geral de cada unidade privativa e, para os casos nos quais não existe o registro geral (normalmente as colunas de alimentação das válvulas de descarga), essa divisão se dá logo após a saída da coluna de água.

Qual a importância de estar atento às responsabilidades de cada um?

Devido à importância das instalações hidráulicas em condomínios, é necessário estar atento para a sua conservação, bem como em relação às responsabilidades de cada um e, assim, evitar problemas que podem impactar nos valores da conta de água e comprometer o edifício em geral. Além disso, não entender o papel de cada um pode ocasionar conflitos capazes de influenciar, também, no relacionamento entre moradores, síndicos e condomínios.

Agora que entende melhor sobre instalações hidráulicas em condomínios, você pode contar com a Seu Consumo, que tem o objetivo de revolucionar o processo de individualização de consumo de água e gás, por meio da aplicação de tecnologias de medição, proporcionando serviços de qualidade e resultados satisfatórios para seus clientes.

Quer conhecer uma pouco mais sobre a empresa, serviços disponíveis e como ela pode ajudar seu condomínio nos mais variados aspectos relacionados ao consumo de água? Então, entre em contato agora mesmo.

Posts relacionados

Deixe um comentário