Você sabe quais são as tubulações mais comuns? Confira!

3 minutos para ler

O sistema hidráulico de um condomínio é composto por diversas tubulações com diferentes materiais e finalidades. Para saber qual é o cano mais indicado para o transporte de água da pia, por exemplo, é importante levar em consideração uma série de características do material, como capacidade térmica, durabilidade, flexibilidade, entre outras.

No post a seguir, vamos mostrar quais são as tubulações mais comuns. Acompanhe!

PEX

A tubulação de Polietileno Reticulado Flexível (PEX) é utilizada para transportar água fria ou quente. Ela é bastante flexível e tem o formato parecido com o de uma mangueira de jardim, o que torna sua instalação mais simples.

Tem a vida útil de, no mínimo, 50 anos — um tempo maior comparado ao da tubulação de PVC, que abordaremos no próximo tópico.

Vale ressaltar que a flexibilidade dos canos de PEX também facilita a rotina de manutenções, a fim de evitar problemas maiores no futuro.

PVC

Os tubos compostos por Policloreto de Vinila (PVC) são os mais utilizados no Brasil. Esse tipo de tubulação é indicado somente para o transporte de água fria, já que o seu material tem uma capacidade térmica de até 25 ºC

É possível encontrar diversos tamanhos de tubos de PVC, sendo uma opção prática e facilmente adaptável em qualquer lugar onde forem instalados.

Geralmente, o maior erro dos instaladores de PVC está relacionado com o manuseio incorreto do material. Sendo assim, o síndico deve ficar atento aos procedimentos dos profissionais e exigir o teste de estanqueidade para identificar possíveis vazamentos nos tubos.

CPVC

O Policloreto de Vinila Clorado (CPVC) tem características bastante similares ao PVC, o que pode gerar confusão. Diferente dos canos PVC, os de CPVC conseguem transportar não apenas a água fria, mas também a quente, suportando até a temperatura de 80 ºC.

Por causa dessa característica, a tubulação de CPVC é indicada para qualquer encanamento que precise de água quente e fria, como chuveiros e pias.

As soldagens dos tubos são feitas a frio, o que torna a montagem do sistema hidráulico mais prática, além de apresentar uma menor condutividade térmica.

PEAD

Os tubos de polietileno (PEAD) costumam ser utilizados para resolver problemas industriais, urbanos, marítimos, agrícolas, entre outros. Seu material é bastante maleável e tem menos necessidade de reparos.

Além da longa vida, as principais vantagens do PEAD estão relacionadas à grande resistência, instalação simples e flexibilidade.

PPR

O Polipropileno Copolímero Random (PPR) é uma tubulação feita por meio de termofusão. A maior vantagem disso é que não há necessidade de soldas, colas e pastas entre o tubo e a conexão, o que diminui o risco de vazamentos.

Assim como outras tubulações citadas ao longo do texto, o PPR tem a capacidade térmica de até 80 ºC, possibilitando o transporte de água fria ou quente. Além disso, seu material consegue manter a temperatura da água durante todo o percurso.

Agora que você já sabe quais são as tubulações mais comuns, ficará simples escolher a mais adequada para instalar no condomínio. Aproveite também para aprender um pouco mais sobre administração de condomínio!  

Posts relacionados

Deixe um comentário