Você sabe quais são as responsabilidades do síndico? Veja as 5 principais!

3 minutos para ler

O síndico é a pessoa designada para cumprir todas as responsabilidades do condomínio, prezar pelo bom funcionamento do local, além de manter uma relação pacífica entre os moradores. Entender suas responsabilidades e atribuições é fundamental para evitar alguns erros que podem se tornar grandes problemas e complicar a eficiência da gestão.

Para evitar eventuais transtornos e a insatisfação dos condôminos, elaboramos este post para mostrar 5 atividades que não podem deixar de serem cumpridas. Acompanhe!

1. Controle dos documentos

Controle dos documentos que registram todas as rotinas do prédio, por exemplo:

  • metas aprovadas e orçamentos;
  • identificação dos colaboradores e folhas de pagamento;
  • despesas quitadas;
  • inadimplência dos moradores.

Devido à importância dos documentos, eles precisam ser armazenados em um ambiente adequado, e sempre que forem solicitados, o síndico deve tê-los em mãos.

2. Prestação de contas

Entre as principais responsabilidades do síndico está a prestação de contas anuais por meio de Assembleia ou quando requisitado. Além de ter um arquivo com todos os documentos legais, fiscais e despesas pagas, é importante definir um Conselho Fiscal para compartilhar as decisões com o intuído de delegar as tarefas.

Estipule um orçamento anual e busque cumprir com o acordado, evitando despesas imprevistas. Tenha todo o cuidado necessário, já que problemas ao prestar contas podem provocar dilemas jurídicos ou, até mesmo, a destituição do cargo de síndico.

3. Organização das assembleias

Qualquer decisão que se refere ao condomínio precisa ser tomada por meio da criação de assembleias. Definição de novas normas, cobrança de taxas, aprovação do orçamento anual, entre outros tópicos, são estabelecidos em reuniões formais com os moradores. Esses eventos são organizadas pelo síndico.

Para auxiliar na criação da assembleia, você pode contar com os artigos 1.350 a 1.355 do Código Civil, que versam sobre o tema.

4. Cobrança dos condôminos inadimplentes

Um dos principais desafios que integra as funções de um síndico é a cobrança dos moradores inadimplentes, já que a falta de pagamento de alguns pode impactar na elevação da taxa do condomínio.

Por isso, é necessário fazer um monitoramento frequente da situação financeira do prédio a fim de entender quais condôminos estão em dia e os que estão com o pagamento em aberto para, assim, definir medidas e facilitar o pagamento dos inadimplentes, regularizando a situação.

5. Promoção do cumprimento do Regimento Interno

O Regimento Interno serve para direcionar a conduta dos moradores do condomínio, como por exemplo, como deve ser a gestão do síndico, o comportamento das pessoas nos espaços comuns, entre outros. No entanto, com o passar do tempo, as regras podem se tornar obsoletas por diversos fatores, fazendo-se necessária a sua atualização. Nesse caso, o ideal é a organização de uma assembleia para a revisão do conteúdo sempre que for conveniente.

Conseguiu entender quais são as principais responsabilidades do síndico? Os condomínios também podem contar com uma empresa especializada em administração, e dessa forma, tornar os processos mais eficientes e seguros. Nesse caso, é preciso convocar uma reunião com os moradores para discutir essa possibilidade.

Achou este conteúdo interessante? Curta as nossas páginas no Facebook e Instagram para ficar por dentro de todas as publicações!

Posts relacionados

Deixe um comentário