Como lidar com vazamento de água em condomínio? Entenda!

4 minutos para ler

Por mais que haja medidas preventivas em um residencial, imprevistos podem ocorrer e a primeira pessoa a ser solicitada nesses casos é o síndico. Em casos de vazamento de água em condomínio, é imprescindível estabelecer procedimentos para que a situação não vire uma grande dor de cabeça.

Prédios com áreas extensas e com muitas tubulações são um prato cheio para possíveis vazamentos. Muitas vezes, eles são tão pequenos que apenas a longo prazo seus efeitos são percebidos. Dessa forma, é fundamental estar atento a qualquer sinal.

Neste post, trataremos sobre como identificar e prevenir vazamento de água em condomínio. Leia atentamente e confira!

Qual o papel do síndico?

Quando há vazamento de água no condomínio, todos os envolvidos acabam se estressando com a situação. Independentemente do local, a figura do síndico é sempre requisitada. No entanto, cabe a ele analisar que tipo de vazamento ocorre e quais os próximos passos.

Mesmo sendo o síndico o representante legal do condomínio, sua responsabilidade se restringe a conduzir o bem-estar, a organização e a administração das áreas comuns. Logo, ao identificar tal vazamento, caberá a ele averiguar se a questão é de âmbito particular ou das áreas comuns.

A partir dessa detecção, ele providenciará os reparos pertinentes, nos casos das áreas comuns. Quando o vazamento de água for de responsabilidade individual, cabe ao responsável pelo apartamento fazer esses reparos. No entanto, é obrigatório que o síndico tenha conhecimento da obra que precisará ser feita.

Como identificar possíveis vazamentos de água em condomínio?

Primeiramente, é essencial conhecer o tipo de tubulação que existe no condomínio. Na maioria são usadas instalações horizontais, que são as ramificações internas do apartamento, essas são de responsabilidade dos donos. Já as instalações verticais são de responsabilidade do condomínio.

A partir daí, é possível conscientizar todos sobre as formas de identificar um vazamento de água, observando os seguintes fatores:

  • existência de manchas nas paredes;
  • surgimento de bolhas e mofos;
  • aspecto da parede de fofa ou com reboco fácil de tirar;
  • aparecimento de goteira.

Todos esses aspectos são sinais de vazamento, no entanto, é necessário localizar o local onde ocorre tal situação.

O que fazer ao identificar um vazamento de água?

Muitas vezes, o local onde aparece o vazamento é só a ponta do iceberg. Por esse motivo, ao perceber esses sinais, o primeiro passo é contratar uma empresa especializada em vazamento de água. Eles, por meio de equipamentos geofones, serão os responsáveis por identificar a origem do vazamento e, assim, possibilitar um conserto definitivo.

Como prevenir os vazamentos de água em condomínios?

Vistoriar continuamente os condomínios é a primeira forma de prevenir ou identificar rapidamente os vazamentos. Proponha ao zelador que faça leituras diárias dos hidrômetros, com isso, será possível acompanhar a média de gastos e quaisquer aumentos de consumo ascenderão um alerta.

Além disso, é importante disseminar constantemente as precauções com perfurações. Há prédios que expõem nos murais os principais pontos de encanação. Dessa forma, ao instalar um móvel, por exemplo, é possível se atentar a esses pontos.

Fazer vistorias e manutenções de forma recorrente é outra medida eficaz no combate aos vazamentos de água em condomínio. Contrate um técnico especializado no assunto e acompanhe essas vistorias. Medidas como essas são fundamentais para evitar gastos excessivos na conta de água no fim do mês. Identificar e reparar os estragos, além de manter a tranquilidade no condomínio, também garante a preservação das estruturas do prédio.

Agora que você sabe o que fazer em casos de vazamento de água em condomínio, entre em contato conosco. Temos o suporte que seu condomínio precisa para dinamizar seus controles.

Posts relacionados

Deixe um comentário